Conforme havia sido anunciado, a ADAB esteve reunida no dia 8 de janeiro no Comitê Olímpico Brasileiro

Conforme havia sido anunciado, a ADAB esteve reunida no dia 8 de janeiro no Comitê Olímpico Brasileiro, com o CEO da entidade Rogério Sampaio. A ADAB esteve representada pelo nosso diretor jurídico Wlamir Motta Campos, a reunião contou ainda com a participação do diretor jurídico do COB Luciano Hostins e do Medalhista Olímpico Arnaldo de Oliveira. Um dos temas tratados na reunião foi o corte no Bolsa Atleta nas categorias "Estudantil" e "Atleta de Base". O Medalhista Olímpico Arnaldo de Oliveira ponderou que esse corte é absolutamente prejudicial ao desporto nacional, principalmente ao Atletismo, modalidade praticada prioritariamente por atletas de baixa renda. O COB concorda com essa afirmação, disse ver o assunto com grande preocupação e que estaria fazendo gestões junto ao novo governo para encontrar uma solução para o problema. Rogério Sampaio afirmou que é importante que fique claro que a bolsa atleta está prevista em lei, e que as bolsas das categorias "Estudantil" e "Atleta de Base" continuam existindo, porém não receberam recursos nesse ano. O COB também entende que com a redução de recursos no bolsa atleta faz-se necessário rever os critérios de distribuição desses recursos para evitar o que ocorreu, ou seja, o corte deveria ser equalitario ao invés de zerar os recursos destinados à base. O COB ponderou ainda que a solução definitiva para esse assunto se daria com a aprovação do Plano Nacional do Desporto, que já foi aprovado pelo Conselho Nacional do Esporte em março de 2018 e encaminhado ao Congresso Nacional. O Plano Nacional do Desporto é uma política de Estado para o esporte, e não de Governo. Significa dizer que se trata de uma política de longo prazo que não sofreria alterações em virtude de mudanças de governo. O Plano Nacional do Desporto contempla cinco diretrizes básicas assim divididas: 
1ª) Garantir o acesso à prática da educação física e do esporte nas escolas de ensino básico, de forma a promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens.
2ª) Incentivar a prática da atividade física e do esporte, com o objetivo de criar hábitos saudáveis que contribuam para a saúde e qualidade de vida dos jovens, adultos e idosos.
3ª) Promover o esporte desde a base até as categorias de alto rendimento, para projetar o Brasil como excelência esportiva mundial.
4ª) Construir trajetória estruturada de iniciação, especialização e aperfeiçoamento esportivo, com garantia de acesso a todas as crianças e adolescentes.
5ª) Consolidar o Plano Nacional do Desporto como principal instrumento para o planejamento e desenvolvimento do esporte no Brasil.
A ADAB trabalhará no Congresso Nacional juntamente com o COB e demais entidades visando a aprovação desse plano o mais breve possível.
Paralelamente a isso seguiremos fazendo gestões junto ao novo governo para que seja revisto esse corte nos recursos do bolsa atleta para a base.
A ADAB agradece ao Comitê Olímpico Brasileiro por nos receber bem como ao Medalhista Olímpico Arnaldo de Oliveira pela sua importante contribuição na reunião.

 

Deixe um comentário

Parceiros