Comunicado 12/01/2018

A ADAB comunica a comunidade do Atletismo e a sociedade em geral que a CBAt publicou nesta data, 12 de janeiro de 2018, a NOTA OFICIAL n° 003/2018, que traz a RETIFICAÇÃO da NOTA OFICIAL n°0001/2018, aquela que foi adulterada de forma sorrateira e que está publicada aqui em nosso Facebook. Necessário destacar que essa adulteração foi citada na nossa denúncia apresentada ao Ministério Público do Estado de São Paulo na segunda-feira, 8 de janeiro. Pois bem, o teor dessa NOTA OFICIAL n° 0003/2018 apenas comprova aquilo que havíamos afirmado. A CBAt anunciou que a Assembleia Geral seria realizada no mês de fevereiro, e em seguida seu presidente mudou de ideia, porém ao invés de informar a comunidade optou por adulterar um documento oficial assinado e publicado. Agora, 10 dias após o fato, publicam uma RETIFICAÇÃO. Nessa RETIFICAÇÃO o presidente comunica que a Assembleia Geral será realizada no mês de março, em data ainda a ser definida "DEVIDO A IMPOSSIBILIDADE DE FAZÊ-LA NO MÊS DE FEVEREIRO E DE RECEBER, EM TEMPO HÁBIL, AS ANÁLISES E PARECERES DAS AUDITORIAS INTERNA E EXTERNA". Essa RETIFICAÇÃO se apresenta mais como uma tentativa de defesa ou explicação para o Ministério Público, e não para a comunidade do atletismo. É inegável que o Presidente da CBAt está fazendo o possível e o impossível para ganhar tempo. O que a sociedade quer é uma resposta para tudo que já foi apresentado e comprovado. Podemos imaginar que esse tempo que o presidente pretende ganhar esteja relacionado com o recém aberto processo eleitoral do Comitê Olímpico Brasileiro, onde, segundo a imprensa o Presidente Toninho tem projetos de disputar a vice presidência do COB. O artigo 21 do Estatuto do COB estabelece que são inelegíveis as pessoas afastadas por decisão interna ou judicial em razão de gestão temerária ou fraudulenta no esporte. Devemos esclarecer que a Assembleia Geral tem poderes e legitimidade para afastar o Presidente Toninho. As denúncias foram publicadas pela imprensa no dia 20 de dezembro, passados mais de 20 dias nenhuma explicação foi dada, apesar da publicação de duas Notas Oficias. Nesse momento as denuncias estão sendo investigadas pelo Ministério Público. Os atletas e a comunidade do Atletismo merecem respeito. Ao concluir informamos que essa NOTA OFICIAL não está publicada como notícias, como as anteriores. Ela está publicada na aba GOVERNANÇA, no link, pasmem todos "NOTAS 2017". Gostaríamos de informar a GOVERNANÇA da CBAt que estamos em 2018, e que essa NOTA é de 2018 e não de 2017.

Deixe um comentário

Parceiros