Comunicado 31/01/2018

A ADAB informa a comunidade do Atletismo que protocolamos na sede do Ministério do Esporte, em Brasília, ofício comunicando e dando ciência ao Ministro Leonardo Picciani sobre as denuncias contra o Presidente da Confederação Brasileira de Atletismo José Antonio Martins Fernandes apresentadas pela imprensa e encaminhadas pela nossa associação ao Ministério Público do Estado de São Paulo visando a instauração de inquérito. O ofício ora protocolado é acompanhado pelas provas documentais bem como pela cópia do manifesto já protocolado na sede do Comitê Olímpico do Brasil no dia 18 se janeiro. A entidade não pode ser penalizada por uma gestão temerária. Destacamos que as denuncias dizem respeito ao Convênio n° 217/2014 firmado entre a CBAt e a Secretaria de Esporte Lazer e Juventude do Estado de São Paulo. A comunidade do Atletismo aguarda explicações e um esclarecimento há 40 dias. Na próxima semana, com o retorno das atividades do Congresso Nacional, estaremos apresentando no Parlamento pedidos para a realização de audiências públicas, na Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados e de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal. Como a presidência da CBAt não presta esclarecimentos à comunidade do Atletismo, deverá prestar a sociedade brasileira. A ADAB seguirá trabalhando com serenidade e responsabilidade em defesa do Atletismo e da instituição Confederação Brasileira de Atletismo. As pessoas passam, a CBAt é permanente e deve ser preservada.

 

Deixe um comentário

Parceiros