Resposta ao Manifesto Contra a Candidatura do Toninho ao COB

A ADAB recebeu ontem ofício assinado pelo Presidente do Comitê Olímpico do Brasil, Paulo Wanderley Teixeira, em resposta ao Manifesto Contra a Candidatura do Toninho ao COB protocolado pela ADAB na sede do Comitê Olímpico no Rio no dia 18 de janeiro. No ofício o Presidente do COB nos informa que a checagem da integridade dos candidatos é feita por uma empresa de auditoria independente, para que as avaliações sejam feitas com imparcialidade no que concerne às previsões legais e estatutárias. Pontualmente no tocante a nossa comunicação ao COB de que o Presidente da CBAt José Antonio Martins Fernandes está sendo investigado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo o Presidente Paulo Wanderley esclarece que, para o COB, conforme previsto no artigo 14 a gestão temerária só é legitimada quando imposta por decisão judicial, não cabendo ao COB fazê-lo. Agradecemos a atenção e o respeito pela ADAB demostrado pelo Presidente do COB, Paulo Wanderley Teixeira; entendemos, porém, que valores olímpicos éticos e morais como o fair play devem estar acima da letra fria dos Estatutos Sociais. A ADAB seguirá trabalhando com serenidade, responsabilidade e respeito as normas legais vigentes em nosso país visando a democratização e a transparência no atletismo, não medindo esforços para que todo e qualquer gestor seja responsabilizado e condenado pela sua gestão temerária; seja na CBAt como nas federações estaduais.

Deixe um comentário

Parceiros